domingo, 23 de outubro de 2011





INVENTÁRIO DE CARLOS KRUEL FILHO (F1)

Os artigos veiculados neste blog podem ser utilizados pelos interessados, desde que citada a fonte: MOUSQUER, Zélce Darclé. (Inclua o título e data da postagem) in http://www.familia-kruel.com.br, nos termos da Lei nº 9.610/98.

Carlos Kruel Filho faleceu em 11.8.1851, Santa Maria da Boca do Monte.
A inventariante foi sua esposa Juliana Becker (nome adotado devido ao seu 2º casamento)com a assistência de seu 2º esposo Augusto Becker.

Título de herdeiros

Juliana Becker, a viúva ( nome de solteira Juliana Hockmüller)
os filhos:
1. Carlos Kruel ( Carlos Kruel Neto) 13 anos. Testemunhas declaram que nasceu em 1839.
2. Christiano 11 anos
3. Augusto 10 anos
4. Eliza 8 anos
5. Carolina 6 anos
6. Luiza 4 anos
7. Catharina 3 anos

Bens a serem partilhados

Móveis no Município de Santa Maria

2 marquesas usadas, 16.000 réis
1 mesa pequena, 3.200 réis
1/2 dúzia de cadeiras de pano 9.600 réis
1cômoda de cedro usada 12.000
1 relógio de cima de mesa 16.000
1 realejo grande usado 64.000
1 armário pequeno e ordinário 4.000
1 banco ordinário 800 réis
1 berço de embalar criança 4.000
3 panelas de ferro pequenas, 800 réis cada uma e todas por 2.400 réis.
1 chaleira velha 640 réis
1 dúzia de pratos de louça branca 1.600
1 dúzia de faca, garfos e colheres de metal branco 6.000
1 bomba de prata 3.000
1 moinho de mão 8.000
1 dúzia de casaes de xícaras e pires e 1 bule branco 2.000 réis.
1 bandeja pequena usada 960 réis

Semoventes no Município de Cruz Alta

20 reses mansas 10.000 réis cada uma
64 éguas chucras no valor de 3.000 réis cada uma.
8 cavalos mansos no valor de 12.000 réis cada um.
16 ovelhas no valor de 2.000 réis cada uma.

Bens de raiz no Município de Santa Maria

Uma casa coberta de telhas, com parede de tijolos singelos, sobre pilares, com 70 palmos de frente e 35 de fundo, forrada, assoalhada e envidraçada, sita na continuação da Rua da Igreja de Santa Maria. com um lance de cozinha e um bom quintal.Avaliada por 2.000.000 ( dois contos de réis)

Um terreno anexo a mesma casa, cercado e cultivado com arvoredos novos, tendo 160 palmos de frente e fundos competentes. Avaliado por 128.000 réis.

Uma casa de meia água coberta de telhas, paredes de tijolos singelos, com uma sala forrada e assoalhada, tendo 60 palmos de frente e 20 de fundos, um lance de cozinha sito no mesmo lugar, bom quintal. Avaliado po 500.000 réis.

Um terreno anexo a mesma meia água, cercado e cultivado, com 56 palmos de frente e fundos competentes. Avaliado por 44.800 réis.

Bens de raiz no Município de Cruz Alta

Um pequeno rincão de campo que se divide ao sul com o Rincão Bonito por uma canhada, ao norte pela mesma canhada que vai ter à ponta de um capão. A oeste, um banhado pela sanga que se forma do dito banhado, até desaguar em um pequeno lajeado que extrema um potreiro de João Pereira de Andrade. A leste, pelo dito lajeado, abaixo, até sua barra, nos fundos do campo do Maciel, com quem se divide por este lado. Avaliado por 700.000 réis.

Fonte:

Arquivo Público do RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário