domingo, 28 de novembro de 2010

Outros imigrantes Kruel entrados no Brasil



Os artigos veiculados neste blog podem ser utilizados pelos interessados, desde que citada a fonte: MOUSQUER, Zélce Darclé. (Inclua o título e data da postagem) in http://www.familia-kruel.com.br, nos termos da Lei nº 9.610/98.

OUTROS IMIGRANTES KRUEL ENTRADOS NO BRASIL

Identificamos outros dois imigrantes com o sobrenome Kruel que entraram no RS, na metade e final do século XIX. Entre eles, Augusto Kruel e Jacob Kruel.

Augusto Kruel solteiro, evangélico, nascido no Ducado do Holstein 1829 ( hoje um dos estados mais setentrionais da Alemanha).
De acordo com WERLANG, 120,1995, Augusto Kruel desembarcou no Brasil em 1851 e em 17.12.1857 deu entrada na Colônia Santo Ângelo.
Em relação a Augusto Kruel, não existem indícios para estabelecer alguma relação de parentesco com os Kruel postados neste blog.

Jacob Kruel, também encontrado como Jacob Król, filho de Michael Kruel/Król e Tecla Kruel/Król. Jacob emigrou da Polônia (?) para o Brasil em torno de 1890 (?), desembarcando em São Paulo, rumando depois, para o Rio Grande do Sul, mais especificamente, Guarani das Missões.
Na época desta imigração ( c. 1890), a região contava com apenas 4 municípios: São Borja e Cruz Alta (1833), Santo Ângelo (1873) e Palmeiras (1874).

Sobre o imigrante Jacob Kruel, suspeitamos que trate-se do mesmo Jacob Krull, 33 anos, alfabetizado, casado com Joanna 36 anos, alfabetizada, casal que desembarcou em Porto Alegre em 1.5.1897, acompanhados dos 2 filhos João 12 anos e Jacob, 1 mês, relacionados em Povoadores da Colônia Guarani, AHRS, p. 18.
Sobre os dois filhos imigrantes, João e Jacob, acreditamos que nenhum dos dois tenha sobrevivido. Pois, todos os filhos por nós encontrados, tem o nome de Eva Murchulak como mãe. Eva irá casar em 1921 com o imigrante, Jacob Kruel.
Mas, não pode ser descartada a hipótese de que o filho Jacob tenha nascido no percurso da viagem, e sua mãe Joana tenha falecido logo na chegada ao Brasil, pois em 1902 nasce Pedro, o filho de Jacob e Eva.

Jorge Alberto Krieger ( Argentina) informa que Jacob Kruel era primo de João Ernesto Kruel casado com Isabel Frederica Hoffmeister. Se isto se confimar, Jacob Kruel era, então, sobrinho do imigrante Karl Ludwig Wilhelm Kruel.

 Jacob Kruel aparece nos registros como nascido na Yugoslávia, Polônia e mais frequentemente, Áustria. O mesmo acontece com as  informações sobre a origem da família Murchulak ou Murcula, onde aparecem como tendo origem húngara, austríaca, polonesa.

O mais provável é que Jacob Kruel, bem como a família Murchulak (?), família de sua 2ª (?) esposa),  os quais, entre outras nacionalidades se dizem austríacos, tenham vindo da Galícia, uma província do Império Austro-Húngaro, que pertencera a Polônia, depois à Áustria, após a 1ª guerra passou novamente à Polônia e após a 2ª guerra, foi incorporada à Russia, e hoje é a atual Ucrânia.
Como a Polônia não era uma nação constituída, pois no século XVIII deixara de existir e fora dividida entre as 3 potências, Áustria, Rússia e Prússia, seus cidadãos, apresentavam-se com os documentos emitidos pelas 3 potências, daí identificarem-se como austríacos, prussianos ou poloneses-russos, poloneses-alemães.
Talvez venha daí, a diversidade nas informações prestadas pelas famílias Kruel e Murchula (?). 

Em POLANCZYK, 2010, P.105, lemos: 
É certo que os chegados em Guarany, no ano de 1890, vieram diretamente da Polônia, ou passaram alguns meses em Ijuí.Já todos os povoadores de Guarany que vieram nos anos de 1897 até 1901, estiveram em outras colônias que abandonaram.
Continua: ....os poloneses, austríacos e suecos foram os primeiros que chegaram. Enquanto os suecos escolheram os lotes próximos ao núcleo Comandaí, os poloneses escolheram os mais próximos de Santo Ângelo, nas linhas Barreira e Campo Novo.

Jacob informa (reg de nasc do filho Michael) ....morar na margem direita do Rio Comanday, parte pertencente ao município de Santo Ângelo/RS.

Jacob Kruel deixou testamento, datado de 1911 (Colônia Guarany, 5º distrito de São Luiz Gonzaga), ocasião em que refere-se aos filhos: “....impedido de legitimá-los, nomeia seus herdeiros e outros que porventura venham a nascer, os filhos naturais que teve com Elena Muchulak, João José, Pedro, Jacob, Miguel, (Maria)Elena e Catharina. "

O impedimento para a legitimação dos filhos, devia-se a fato de Eva Muchulak/Murcula/Mucrula estar casada na ocasião.
Como não localizamos nenhuma informação sobre o 1º casamento de Eva Murchulak, não sabemos se ela deixou filhos desta união.

Após a morte do 1º marido, em torno de 1920, a imigrante e viúva Eva Muchulak/Murcrula/Murcula casou  no religioso – (Livro 2, f 49 e Livro 4) aos 56 anos, a 8.1.1921 Guarani das Missões /RS, com o também imigrante e viúvo ? Jacob Kruel/Król 57 anos, o pai de seus filhos.


Registro do casamento de Jacob ( Livro 2, f 49 e Livro 4)


Sabemos que o filho Miguel Kruel casou na Argentina, Missiones.

Isto pode nos levar a pensar que toda a família Kruel , ou pelo menos alguns membros desta família tenham se dirigido para a Argentina, já que até o momento, não foram encontrados, na região missioneira, os registros de batismo de seus filhos, seus inventários, óbitos.... Cultivo da erva-mate ?

Muitas pesquisas ainda precisam ser feitas para localizar a família em Missiones/Argentina, e para entendermos quais membros da família para ali se dirigiram.
                       
Passo a relacionar, abaixo, os filhos do casal Jacob e Eva.

Importante destacar, que nos registros encontramos esta família ora registrada como Kruel, ora como Król.

F1. José Kruel/Król nasceu cerca de 1897/1898, casa aos 18 anos, em 26 8.1916, Giruá/RS com Brausislava/Bernardina Marcks 17 anos, natural de  Ijuí/RS, filha de Ludwig/Lodovico Marcks e Barbara Suchecka ? .
N1. Juan José
N2. Catarina
N3. Maria

Reg casamento religioso de José - Cúria de Santo Ângelo/RS (Livro 2, f 14)


                                       
Registro de casamento civil de (João) José (f 27)-  microfilme Guarani das Missões.
F2. Pedro Kruel nascido n.c. 1902, falecido aos 12 anos, assassinado a 22.2.1914 Guarani das Missões/RS, onde foi sepultado. 


reg de óbito de Pedro K. - microfilme Guarani das Missões.(f.24)
                                                  
F3. Jacob Kruel/Król nasceu 13.7.1904 Guarani das Missões,/RS, foi batizado 14.8.1904 Guarani das Missões /RS, casado com Isabel Vaz Jacob a 3.9.1924


Registro do batismo de Jaco -Cúria de Santo Ângelo  (Livro 1, f 16)
                                   
Reg nascimento de Jacob- microfilme Guarani das Missões (reg 101, f 106)
                         
Registro de casamento de Jacob- Cúria de Santo Ângelo (Livro 2, f 78)
                                               
F4. Michael Kruel (Miguel) nascido em 22.5.1905, em Guarani das Missões/RS e falecido em 25.5.1987 Posadas, Argentina. Foi casado em 1ª núpcias com Irma Gomes, com quem teve 2 filhos. Miguel casa, depois, com Marta Adoryant tendo outros 3 filhos, todos moradores na Argentina.

Miguel Kruel - foto cedida por Olivia Kruel/Argentina
Registro de nascimento de Michael - Microfilme Guarani das Missões. (Reg 91, f  144)
                                           

N1. Pedro Kruel
N2. Elena Kruel casada com Rulo Davalos.
N3. Olivia Kruel nascida na Argentina, onde é moradora, casada com Juan Baldassini. 5 filhos.
N4. Elba Irene casada com Jorge Schottes.
N5. Carlos Kruel casado em 1ª núpcias com Ana Chamula. Carlos casa em 2º matrimônio.

F5. (Maria ?) Elena Kruel casada com Rulo Davalos.

F6. Catharina Kruel/Król n. 25.10. 1908 Guarani das Missões/RS, onde casou aos 18 anos, a  24.11.1926 com Adão Petrykiez 21 anos, nat de Guarani das Missões/RS, filho de  Matheus Petrykiez e Sophia.


Registro de nascimento de Catharina - Microfilme Guarani das Missões.(Reg 324, f 80)

Registro de casamento de Catharina - Cúria de Santo Ângelo/RS(Livro 2, f 98)
                   
Obs: todos os registros paroquiais encontram-se no Arquivo Histórico da Diocese de Santo Ângelo/RS.Os registros civis encontram-se no Cartório de Registros Civis de Guarani/RS.

Fontes:

Agradeço a Anália Soledad Baldassini, e sua mãe Olívia Kruel de Posadas/Argentina, descendentes de Miguel Kruel, filho do imigrante Jacob Kruel, que colaboraram para esta genealogia.
Microfilmes Centro de História da Família (Guarani das Missões/RS, São Luiz Gonzaga/RS) - Igreja Mormons
Jorge Alberto Krieger em http://www.kruger-krieger.com/index.htm
Arquivo Público -Livros de Notas/ Col. Guarani/RS - São Luiz Gonzaga/RS.
WERLANG, William. História da Colônia de Santo Ângelo, Vol 1. Ed Pallotti, Santa Maria. 1995.
POLANCZYK, Antonio José. O imigrante Polonês e a Colônia Guarany. Renascença: Edigal, Porto Alegre.2010
Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul. Povoadores da Colônia Guarani.
Arquivo Público do RS. livro de transmissão e notas.

4 comentários:

  1. gostaria de saber se jacob kruel tinha algum filho que foi para a 2 guerra mundial

    ResponderExcluir
  2. Sérgio
    Sobre o Jacob Kruel eu sei apenas o que postei. Gostaria muito de saber mais sobre ele, pois tudo indica que tem relação bem próxima com a família pesquisada.

    abraço

    ResponderExcluir
  3. meu bisavó se chamava jacob kruel ele fundou a cidade de campina das missões rs e ele foi pra 2 guerra mundial ae pensei q poderia ser ele,mais acho que não é.mais vlw mesmo assim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, acho que vale uma investigação sobre este Jacob. Veja que ele nao legitimou os filhos com a Elena. Isto abre outras perspectivas de pesquisa.Era casado? ela era casada? existiram filhos de outro casamento?

      Excluir