terça-feira, 12 de janeiro de 2010

A Cidade de Origem - Baumholder





A CIDADE DE ORIGEM - BAUMHOLDER



Os artigos veiculados neste blog podem ser utilizados pelos interessados, desde que citada a fonte: MOUSQUER, Zélce Darclé. (Inclua o título e data da postagem) in http://www.familia-kruel.com.br, nos termos da Lei nº 9.610/98.





BAUMHOLDER, a cidade de origem dos Imigrantes Kruel/Bier, é uma pequena comunidade, situada no centro-oeste do estado da Renânia Palatinado, (região do Hunsrück) cerca de 70 Km da fronteira francesa e a duas horas de Frankfurt, localizada no distrito de Birkenfeld, fronteira com Saarland. Situa-se entre as montanhas do Hunsrück (cordilheira) e o Nordpfälzer Bergland, e é cortada ao norte pelo Rio Nahe.

No período do domínio francês, Baumholder foi um cantão no centro de Birkenfeld. Após o Congresso de Viena, fez parte do pequeno território do Ducado de Saxe-Coburgo Fürstentum Lichtemberg, e a partir de 1834, aparece como uma aldeia no distrito prussiano de St. Wendel. Surge, então, como a cidade de Baumholder após 1835.

Baumholder tem, atualmente, em torno de 4.800 habitantes e uma comunidade americana de 13.000 pessoas entre soldados e civis, em uma área de 69.47 Km2. A Segunda Guerra Mundial trouxe os militares alemães para Baumholder, quando a cidade foi escolhida, pelo Terceiro Reich, como espaço de formação militar. Para isto, o governo alemão apropriou-se das terras e reassentou os habitantes em outros locais.


Hoje, a cidade de Baumholder coexiste com uma das maiores bases aéreas americanas (desde 1951) usadas para treinamentos militares, o que tem ampliado, significativamente, a área urbana e o desenvolvimento da cidade.


Até o século XX, a agricultura foi a atividade predominante entre seus habitantes, hoje, a formação militar, o artesanato e o comércio tem grande destaque na vida econômica da cidade.


Baumholder dista cerca de uma hora de Bad Duerkhein, onde tem início a Rota do Vinho Alemão (65% a 70% da produção de vinho alemão, tem origem na Renânia) ficando, também, muito próxima da Rota alemã das Pedras Preciosas, cujo destaque é a vizinha cidade de Idar-Oberstein.


Os pais do imigrante Kruel ( Friedrich Kruel e Christina S.E. Henrici ) casaram em Altenglan, distrito de Kusel, estado de Rheinland-Pfalz (Renânia Palatinado), isto porque a mãe do imigrante Kruel, Christina S.E. Henrici, residia com sua família, em Altenglan, onde seu pai desempenhava a função de pastor da igreja luterana. Em seguida, o casal transfere-se para Baumholder, onde irão nascer seus sete filhos. Baumholder e Altenglan, distam 22 Km uma da outra. Como já nos referimos, estão situadas no mesmo estado da Renânia Palatinado, porém em distritos distintos, ou seja distrito de Birkenfeld e de Kusel, respectivamente.

4 comentários:

  1. Olá Zélce, parabéns por teu competente trabalho de pesquisa. Sou tetraneto de Katharina Kruel e Karl Lampert, bisneto de Rosa Lampert, casada com o Coronel Maragato, José Francisco de Souza. Estou escrevendo sobre história do Rio Grance do Sul e gostaria de entrar em contato com voce. obrigado, mauriosouza@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Zélce, estou gostando muito de acompanhar o blog, teu trabalho está fascinante. Tenho muito interesse em genealogia e a tempo venho pesquisando a história da minha familia, mas estou encontrando algumas dificuldades para prosseguir no meu trabalho. Gostaria de manter um contato com voce para esclarecer algumas dúvidas, se não for pedir demais, é claro.
    Agradeço
    Cássio - cassiokurtz@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cássio
      Sua pesquisa evoluiu?
      Qualquer coisa,conte comigo(se eu puder ajudar).

      Excluir